You are viewing cosplay_brasil

matéria anterior | próxima matéria

Como fazer Armaduras de EVA.

jen_rox
Armadura de EVA.

Ao procurar uma maneira barata e simples, mas com uma boa aparência para fazer armaduras, descobri uma bem fácil: armadura feita com EVA. Esse tutorial foi feito para mostrar o que você pode criar usando apenas materiais fáceis de encontrar em lojas de artesanato, sem haver necessidade de correr atrás de lojas especializadas em certos tipos de materiais ou ter de encomendar nada pela Internet. Esse exemplo foi usado para “Helm’s Deep elf armor”, mas pode ser usado pra qualquer outro tipo de peça.. O método citado abaixo é um método que eu desenvolvi, mas não há apenas um método de ser feito, cada um pode improvisar a sua maneira usando EVA.


Vantagens dessa maneira:

Pouco peso
Materiais baratos
Materiais fáceis de se encontrar
Fácil de fazer
Seguro de usar em multidões
A
maior parte dos passos é seguro para crianças 

Flexível
Ótima armadura para iniciantes


Desvantagens:

Acabamento por fica enrugado/ rachado se for muito curvado
Pode ser danificado por objetos afiados

Mesmo assim, a armadura agüenta tranqüilamente ser usada durante um dia inteiro de evento, e é muito mais confortável de usar do que outros tipos de armaduras, que podem inclusive ser mais restritos a movimentos. (Pode até se tirar uma soneca dentro dessa armadura e o Maximo que pode ocorrer é dar uma amassadinha). 

As ferramentas necessárias são:

Tesouras
Pinceis
Fonte de calor (pistola de calor ou até mesmo fogão)

Os materiais necessários são:

Papel cartão (para molde)
Folha de EVA (comprem a cor mais parecida do resultado final desejado)
Caneta de ponta esférica
Tintas de alto relevo
Cola branca escolar
Cola de tecido
Água
Tecido para parte interna
Rubb’n’Buff (tradução literal = esfregue e lustre)
Tinta acrílica para pintura

Primeiro Passo:
É criar o molde da armadura desejada. Recomenda-se o uso de papel cartão pra isso. A maneira mais fácil de achar o tamanho certo para o molde é colar o papel cartão junto à pele, e pedir para um amigo desenhar o molde no tamanho necessário. 




Após ter o molde, transfira ele para a folha de EVA. O melhor para marcar o Eva, é uma caneta de ponta esférica, pra não deixar marcado (no caso, n deixar o EVA afundado). Fica mais fácil também se numerar o numero de cada peça, pois se houver muitos pedacinhos que devem ser colados depois, pode ficar fácil confundir eles depois. Para aproveitar bem o EVA, você pode começar primeiro com as peças grandes e ir acomodando as menor nos pedaços da folha que sobrar. Se a peça que precisa ser feita for muito grande, pode haver necessidade de juntar duas folhas de EVA, se isso ocorrer, procure colocar a junta entre as folhas no local que fique mais escondido possível, pra não deixar um acabamento desse tipo, interferir no visual final da peça.

Agora que todos os pedaços estão marcados, é só recortar ele direitinho, pra isso é bom ir cortando devagarzinho, pra não deixar rebarbas que podem ficar feias no resultado final depois. 

 



Depois de tudo recortado, junte os pedaços, colando se necessario com cola branca escolar, funciona perfeitamente. 



Se for necessário criar detalhes em alto relevo, essa é a hora de pegar a caneta e marcar onde eles se posicionariam. A caneta de ponta esférica é perfeita pra isso. Trace de leve as linhas necessárias para não fazê-las erradas depois, pois não vai ter como mudar sem danificar o EVA.



Depois de pronto tudo isso, o próximo passo é o aquecimento da armadura. Para isso você precisa da fonte de calor citada nos materiais necessários. SEMPRE TENHA CUIDADO AO TRABALHAR COM AQUECIMENTO. É importante fazer pequenos testes com os pedaços de EVA que sobraram pra não errar na peça principal e perder assim o trabalho. Se você aquecer demais o EVA ele vai derreter, criar bolhas, encolher, e normalmente ficar completamente arruinado – sem mencionar que ele ficará quente demais para ser segurado. Você deve manter a peça no calor apenas até ela ficar levemente amolecida – alguns segundos em um calor alto – o EVA não deve ficar quente o bastante para haver perigo de se queimar por segurar. 




Assim que estiver no ponto, tire do calor. Rapidamente curve para o formato desejado e segure na posição até esfriar (isso demora apenas alguns segundinhos). Você pode tanto colocar sobre algum objeto que já tenha o formato desejado, ou então dar o formato com as próprias mãos. Você pode reaquecer e resfriar o objeto quantas vezes quiser até pegar a forma desejada. Aparentemente o processo nunca danifica o EVA. 



Agora é a hora de experimentar e ver se fica certo no seu corpo ou se precisa de algum ajuste.

Depois disso você vai precisar endurecer e fortalecer a armadura, adicionando tecido na parte de trás. Um tecido bom de usar é algodão fino, usado para fazer ataduras, porque é leve, barato e fácil de manusear e fazer curvas e cantos.

Corte um pedaço de tecido mais largo do que a peça a ser encoberta – deixa com tamanho maior, ainda não tente deixar do tamanho exato da peça. 




Pincele a parte de trás da armadura com cola branca escolar por toda a superfície. 



Cole atenciosamente o tecido por cima da cola, colando direitinho em todas as curvas, cantos e vãos, e tendo certeza de que está bem colado em cada parte da armadura. Deixe secar. 



Assim que a cola tiver secado, corte o pedaço de tecido que sobrou com a tesoura. Assim a borda do tecido fica nivelada com a borda do EVA .



Passe sobre o tecido, mais uma camada de cola, pra ter certeza de que o tecido ficou bem colado em cada pedacinho perfeitamente. Para as partes da armadura que precisam ser mais curvadas, recomenda-se que se coloque mais uma camada de tecido depois dessa de cola, para dar maior suporte à peça. 



A seguir vem à parte mais “artística” do trabalho – fazendo os detalhes de relevo. Pequenos tubos de tinta relevo para tecido são perfeitos para isso. Mas tenha certeza de comprar tinta tridimensional e não a que depois de seca encolhe. Para a cor da tinta é bom usar a que for mais parecida com a que se deseja o resultado final. 



É importante que aqui também se pratique um pouco antes de usar direto na peça final. Pegue os pedaços de EVA que sobraram e pratique até que sua linha fique boa. Se a linha não for suficientemente grossa, quanto desejado, use duas linhas lado a lado. Tente manter sempre a mesma pressão para evitar que o trabalho fique feio. Se você errar na peça final, pegue um pano e limpe rapidamente antes que a tinta seque, mas use isso apenas em ultimo caso. Quando o resultado ficar bom, deixa secar durante uma noite inteira. 



Agora você precisa impermeabilizar o EVA. Essa é a parte mais intediante, mas é muito importante para a aparência final. EVA é basicamente uma esponja, o que significa que a menos que se impermeabilize ele vai absorver completamente a tinta que você colocar. Impermeabilizando o EVA, vai evitar que isso aconteça. E dá um toque muito legal para o acabamento final. 



A melhor mistura para fazer isso é de: 1 parte de cola adesiva à base de PVA (Cascorez Extra), 1 parte de cola flexível de tecido, e 2 partes de água. Isto dá um revestimento liso e bonito que retenha boa flexibilidade. Se você não encontrar a cola especial use cola branca escolar mesmo, vai içar quase tão flexível. A água vai fazer com que as pinceladas de cola não fiquem marcadas. 



Passe a mistura de cola em varias camadas no EVA – você não quer que fiquem poças. Deixa o EVA secar após cada camada de cola. Faça camadas de cola até que o acabamento fique bem lisinho. Você vai notar que se formam varias pequenas bolhas de ar enquanto passa a cola – você vai precisar ficar passando cola até que essas bolhas parem de ser formar. Depois mais uma ou duas camadas de cola e vai estar pronto. Normalmente esse processo exige 7 ou 8 camadas de cola, então é recomendado fazer uma camada por dia, num total de 1 semana (por isso, havia sido mencionado que o processo era o mais chato) Não economize no numero de camadas ou você pode se arrepender depois. Tente manter a armadura em uma área limpa enquanto seca, para não haver riscos de fiapos ou poeira grudarem na armadura.
Durante esse processo não esquema de colocar papel jornal ou alguma outra coisa embaixo do EVA, pois como ele age como uma esponja, é normal ele absorver um pouco da cola com água e pingar no chão.

Agora chega a vez da pintura. Primeiramente trabalhe com o acabamento da parte interna da armadura (onde havia sido colado o tecido). Passe uma boa camada de tinta da cor da armadura no tecido. Dessa maneira, se acontecer de alguém olhar a parte interna da sua armadura, ela vai estar da mesma cor do resto. 



Para a parte da frente, você vai querer uma pintura que faça flexione junto com EVA. Para isso existe uma idéia bem inusitada de pintura. Nesse caso foi usado um polimento de chão acrílico sem cera, e Rub’n’Buff. O polimento pode ser encontrado na seção de limpeza de chão de loja de mantimentos ou supermercados. Rub’n’Buff é uma cera para acabamentos normalmente encontrada junto com tintas metálicas em lojas de artesanato/pintura. 



Primeiramente aplique uma pequena camada da Rubb’n’Buff, esfregando em pequenos movimentos circulares para não deixar marcas. Use um pincel para aplicar a tinta nas rachaduras e detalhes da armadura. Após deixar essa tinta secar, lustre com um tecido macio e depois sele passando uma camada do polimento de chão. Repita esse processo em outra camada.




Se você quiser dar um acabamento mais realístico, pode pegar um pouco de tinta preta, misturada com verde-escuro e aplicar nos rejuntes. Trabalhe em pequenas áreas a cada vez. Rapidamente antes que a tinta seque completamente, retire boa parte dela, com um pano limpo, deixando apenas um pouco da cor na área desejada. Repita o processo até ficar contente com o resultado. Depois deixa a tinta secar. 




Se você quiser, também pode dar mais um toque de Rub’n’Buff depois disso. Botando principalmente nas áreas mais claras, como os relevos.



Creditos: Criado por "Penwipper"
Traduzido e adaptado: Kya
 
Postado por Jen_Rox

Latest Month

May 2007
S M T W T F S
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
Powered by LiveJournal.com
Designed by chasethestars